Rede Nacional de Pessoas com Diabetes  
   
Sobre a RNPD   Carta de Princípios   Fale Conosco  
   
   
Home
ADJ
Notícias
Destaques
Artigos
Jurídico
Atividade Física
IDF - SACA
Cadastre-se
Conselhos
Fórum de Debate
Links
Biblioteca
Associações de Diabetes


 

 
 
 
 
CARTA DE PRINCÍPIOS


ÁREA DE ABRANGÊNCIA

A RNPD é uma Rede Nacional de Pessoas vivendo e/ou convivendo com Diabetes, sem vínculo político-partidário e religioso, que atua na promoção do fortalecimento das pessoas com Diabetes, independente de gênero, credo, raça, cor ou etnia, orientação sexual e nacionalidade.

PRINCÍPIOS FILOSÓFICOS

A RNPD pretende proporcionar as pessoas com Diabetes a chance de se encontrar, tomar atitudes frente à sua condição de saúde, preparar táticas mediante as quais se desenvolva o indivíduo, combater o isolamento e a inércia, promover a troca de informações e experiências e melhorar a qualidade de vida de quem vive com Diabetes, através de:

  • Troca de experiências pessoais, informações, habilidades e recursos essenciais para estabelecer, manter e melhorar a qualidade de vida das pessoas com Diabetes.

  • Provisão de recursos humanos que possibilitem as pessoas com Diabetes: conter o medo ,a desinformação, a discriminação e os preconceitos que elas possam enfrentar em suas vidas.

  • Fortalecimento das pessoas com Diabetes para que participem ativamente no processo de conquista aos seus direitos de cidadania.

  • Incentivo por diferentes meios, à formação de grupos de ajuda - mútua, através da capacitação, instrumentalização e formação de novas lideranças em todo território nacional, objetivando compartilhar experiências, idéias e projetos de integração das pessoas com Diabetes em geral.

  • Criação de oportunidades para que as vozes das pessoas vivendo e/ou convivendo com Diabetes possam ser ouvidas em nível municipal, estadual, nacional e internacional.

  • Denúncia por todos os meios de ações governamentais, individuais, religiosas, empresariais, etc., que desrespeitem os direitos humanos das pessoas com Diabetes ou de qualquer enfermidade crônica.

  • Fortalecimento das pessoas vivendo e/ou convivendo com Diabetes para que participem do processo de construção em nível municipal, regional, nacional ou internacional , através das informações, treinamentos, capacitações visando suas participações em instâncias do controle social.

  • Fomento na formação de frentes parlamentares, ampliando a frente de defesa dos direitos das pessoas vivendo com Diabetes em municípios, estados e no país junto aos poderes legislativo, executivo e judiciário.

  • Fomento junto ao poder público, iniciativa privada e sociedade civil de campanhas contínuas de informação e prevenção do Diabetes e suas seqüelas em caráter local, municipal, estadual, regional, nacional e internacional.

PRIORIDADES

As prioridades da RNPD são:

  • Defesa dos direitos humanos das pessoas com Diabetes e outras enfermidades crônicas.

  • Criação de núcleos de pessoas vivendo ou convivendo com Diabetes, apoiando-os na formação de grupos de ajuda mútua.

  • Realização de encontros locais, municipais, estaduais, regionais, nacionais, e internacionais.

  • Autorização do uso de seu nome e logomarca e se fazer representar pelas pessoas com Diabetes em geral, apoiando suas iniciativas e resoluções, desde que as mesmas sejam fiéis aos princípios desta carta e membros credenciados junto aos núcleos de pessoas vivendo e convivendo com Diabetes em Geral, devidamente reconhecidos e aprovados nos locais , municipais, estaduais, regionais e nacional.

ASSOCIAÇÃO/REPRESENTAÇÃO/CONFIDENCIALIDADE

  • Qualquer pessoa com diabetes ou familiar pode fazer parte da RNPD, desde que siga os princípios desta carta e esteja cadastrada em um núcleo da rede.

  • Os membros que participarem dos encontros poderão ser eleitos para suas respectivas representações, em comissões, grupos de trabalho ou instâncias que se fizerem necessárias para a execução dos programas a que se propõe a RNPD, desde que estejam qualificados e assumam a sua condição de familiares, pessoas com diabetes ou que convivem com ele, cadastrados e ativos nos núcleos da RNPD.

  • Poderão ainda ser eleitos, mesmo que ausentes, desde que apresentem justificativas apropriadas para sua ausência e sejam representados por outro membro, através de procuração específica, com firma reconhecida.

  • A confidencialidade e a privacidade quanto à condição de pessoa com Diabetes será assegurada pela RNPD através de seus membros, a não ser que o pessoa autorize a divulgação de sua condição por escrito ou a manifeste publicamente autorizando a divulgação.

São Paulo, agosto de 2006.

 


 
   

Receba nossa newsletter em sua caixa postal

Cadastre-se e junte-se a RNPD
Visite nosso fórum de discussões